Como fazer declaração anual MEI: Guia completo com passo a passo[2023]

Se você é um Microempreendedor Individual (MEI), é importante saber como fazer a declaração anual do seu negócio. A declaração é obrigatória e deve ser feita todos os anos até o dia 31 de maio. Além disso, é importante estar atento aos prazos e às informações que devem ser prestadas para evitar multas e problemas com o governo.

A declaração anual do MEI é uma forma de prestar contas ao governo sobre o faturamento da empresa no ano anterior. Para fazer a declaração, é necessário informar o valor total das vendas realizadas, bem como o valor das compras e despesas do negócio. Além disso, é preciso informar se houve contratação de funcionários e se a empresa tem algum tipo de dívida ou pendência com o governo.

Se você não sabe como fazer a declaração anual do MEI, não se preocupe. O processo é simples e pode ser feito pela internet, por meio do Portal do Empreendedor. Basta ter em mãos as informações necessárias e seguir o passo a passo indicado pelo sistema. Lembre-se de que é importante fazer a declaração dentro do prazo estabelecido para evitar problemas com o governo e garantir a regularidade do seu negócio.

Como fazer declaração anual MEI: Guia completo com passo a passo[2023]
Foto:(Reprodução/Internet)

Entendendo o MEI

O Que é MEI

O MEI (Microempreendedor Individual) é uma categoria de empresa criada pelo governo brasileiro para formalizar trabalhadores autônomos. Essa categoria foi criada para incentivar a formalização de pequenos negócios e reduzir a informalidade no país.

Para se tornar um MEI, é necessário ter um faturamento anual de até R$ 81.000,00 e exercer uma das atividades permitidas pela categoria. Além disso, é necessário estar em dia com as obrigações fiscais e trabalhistas.

Benefícios da Declaração Anual MEI

A Declaração Anual do Simples Nacional para o Microempreendedor Individual (DASN-SIMEI) é uma obrigação anual que todo MEI deve cumprir. Essa declaração deve ser entregue até o dia 31 de maio de cada ano e serve para informar o faturamento obtido no ano anterior.

A declaração é importante para manter a regularidade do MEI e garantir o acesso aos benefícios da categoria, como:

  • Emissão de notas fiscais;
  • Acesso a crédito;
  • Possibilidade de contratar um funcionário;
  • Cobertura previdenciária (aposentadoria, auxílio-doença, salário-maternidade, etc.).

Além disso, a declaração também é importante para evitar multas e outras penalidades por parte da Receita Federal.

Em resumo, a Declaração Anual do MEI é uma obrigação importante para manter a regularidade da empresa e garantir o acesso aos benefícios da categoria.

Preparando Para a Declaração

Antes de fazer a sua declaração anual MEI, é importante que você se prepare com antecedência para garantir que tenha todos os documentos e informações necessárias.

Documentos Necessários

Para fazer a sua declaração anual MEI, você precisará dos seguintes documentos:

  • CNPJ e CPF
  • Relatório mensal das receitas brutas do ano anterior
  • Notas fiscais de compras e vendas
  • Comprovantes de pagamento de impostos e contribuições

Certifique-se de que todos esses documentos estejam organizados e disponíveis antes de começar a fazer a sua declaração.

Informações Importantes

Além dos documentos necessários, é importante que você tenha algumas informações importantes em mãos para facilitar o processo de declaração. Essas informações incluem:

  • Valor total das receitas brutas do ano anterior
  • Valor total das despesas do ano anterior
  • Valor total das contribuições previdenciárias pagas durante o ano anterior
  • Valor total das contribuições de ICMS e ISS pagas durante o ano anterior

Tenha em mente que, ao fazer a sua declaração anual MEI, você precisará informar todos esses valores com precisão. Portanto, é importante que você mantenha um registro detalhado de suas receitas e despesas ao longo do ano.

Ao se preparar para a sua declaração anual MEI, lembre-se de que a precisão e a organização são fundamentais para garantir que tudo seja feito corretamente. Certifique-se de ter todos os documentos e informações necessárias em mãos antes de começar a fazer a sua declaração.

Passo a Passo da Declaração Anual MEI

Se você é um Microempreendedor Individual (MEI), é importante que você faça a declaração anual do seu faturamento. Essa declaração é obrigatória e deve ser feita até o dia 31 de maio de cada ano. Nesta seção, vamos mostrar a você como fazer a declaração anual MEI, passo a passo.

Acessando o Portal do Empreendedor

Para fazer a declaração anual MEI, você precisa acessar o Portal do Empreendedor. Siga os passos abaixo:

  1. Acesse o site www.portaldoempreendedor.gov.br;
  2. Clique em “Já sou MEI”;
  3. Digite seu CNPJ e clique em “Continuar”;
  4. Digite sua senha e clique em “Entrar”;
  5. Clique em “Declaração Anual Simplificada para o Microempreendedor Individual (DASN-SIMEI)”;
  6. Selecione o ano que deseja fazer a declaração e clique em “Continuar”.

Preenchendo a Declaração

Agora que você já acessou o Portal do Empreendedor, é hora de preencher a declaração anual MEI. Siga os passos abaixo:

  1. Na primeira tela, confirme seus dados e clique em “Continuar”;
  2. Na segunda tela, informe o faturamento bruto total da sua empresa no ano anterior e clique em “Continuar”;
  3. Na terceira tela, informe se houve contratação de funcionário no ano anterior e clique em “Continuar”;
  4. Na quarta tela, informe se você exerceu alguma atividade econômica durante o ano anterior e clique em “Continuar”;
  5. Na quinta tela, informe se você possui algum veículo em nome da empresa e clique em “Continuar”;
  6. Na sexta tela, confira todas as informações e, se estiverem corretas, clique em “Transmitir”.

Pronto! Agora você já sabe como fazer a declaração anual MEI. Lembre-se de que essa declaração é obrigatória e deve ser feita todos os anos até o dia 31 de maio. Se tiver alguma dúvida, consulte o site do Portal do Empreendedor ou procure o Sebrae mais próximo de você.

Erros Comuns e Como Evitá-los

Ao fazer a declaração anual do MEI, é importante evitar erros que possam gerar multas ou problemas com a Receita Federal. Confira abaixo alguns dos erros mais comuns e saiba como evitá-los.

Não informar todas as receitas

Um erro muito comum é não informar todas as receitas obtidas ao longo do ano. Lembre-se de que todas as entradas de dinheiro devem ser declaradas, inclusive as que não foram emitidas com nota fiscal. Para evitar esse erro, mantenha um controle rigoroso de todas as suas receitas.

Não informar as despesas dedutíveis

Outro erro comum é não informar as despesas dedutíveis na declaração anual do MEI. As despesas dedutíveis são aquelas que podem ser abatidas do valor total das receitas, reduzindo assim o imposto a ser pago. Para evitar esse erro, mantenha um registro detalhado de todas as suas despesas e consulte a lista de despesas dedutíveis disponível no site da Receita Federal.

Não informar a movimentação bancária

Muitos MEIs não informam a movimentação bancária na declaração anual, o que pode gerar problemas com a Receita Federal. Lembre-se de que é preciso informar todas as entradas e saídas de dinheiro em sua conta bancária, mesmo que não estejam relacionadas diretamente com o seu negócio. Para evitar esse erro, mantenha um controle rigoroso de sua movimentação bancária.

Não manter a documentação em dia

Por fim, um erro grave é não manter a documentação em dia. É importante guardar todos os documentos relacionados ao seu negócio, como notas fiscais, recibos, comprovantes de pagamento, entre outros. Além disso, é fundamental manter uma organização rigorosa desses documentos, para facilitar na hora de fazer a declaração anual do MEI. Para evitar esse erro, mantenha uma rotina de organização e arquivamento dos documentos de seu negócio.

Lembre-se de que a declaração anual do MEI é uma obrigação fiscal e deve ser feita com muita atenção e cuidado. Evite os erros acima e mantenha-se sempre atualizado sobre as obrigações fiscais de seu negócio.

Conclusão

A declaração anual MEI é uma obrigação importante para os microempreendedores individuais. Ela permite que você esteja em conformidade com a legislação e evite multas e sanções.

Ao longo deste artigo, você aprendeu como fazer a declaração anual MEI passo a passo. É importante lembrar que a declaração deve ser feita todos os anos, até mesmo se você não tiver faturado durante o ano anterior.

Lembre-se de que a declaração anual MEI é apenas uma das obrigações que você tem como microempreendedor individual. É importante manter-se atualizado sobre todas as suas obrigações fiscais e tributárias para evitar problemas no futuro.

Se você tiver alguma dúvida sobre como fazer a declaração anual MEI ou outras obrigações fiscais e tributárias, não hesite em procurar um contador ou especialista na área. Eles podem ajudá-lo a garantir que você esteja em conformidade com a legislação e evite problemas futuros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima